Serviço 3G: 34 milhões de brasileiros não têm opção de escolha

Fonte:Internet Móvel 3G / 4G – Convergência Digital

mapa 3g

Dados do portal Teleco, divulgados nesta segunda-feira, 06/08, mostram que 1969 municípios – que correspondem a 18% da população total – seguem tendo o serviço 3G ofertado por uma única operadora, sem a possibilidade de opção pela concorrência. Os dados mostram ainda que 2682 localidades, que reúnem 28 milhões de brasileiros – seguem fora do roteiro de cobertura. Em contrapartida, 2997 municípios já têm o 3G e no segundo trimestre, Vivo e Claro dispararam na cobertura.

A Vivo é a operadora com a maior cobertura 3G de forma disparada em relação às rivais, pontua o relatório do portal Teleco. A operadora chegou a 2831 municípios e no segundo trimestre incluiu 104 localidades na sua cobertura. A Claro desponta na segunda posição e já larga uma vantagem bem razoável da sua rival TIM.

A Claro chegou em julho com 945 localidades -no primeiro trimestre estava em 866 municípios, o que significa implantação do 3G em 79 novas cidades no segundo trimestre. A TIM, apesar de também ter crescido, foi a que apresentou o menor resultado entre as quatro teles móveis. A tele tinha 512 cidades ao final do primeiro trimestre e, agora, em julho, segundo o Teleco, chegou a 530 localidades – um avanço em 18 municípios.

A Oi se mantém na última posição de cobertura 3G, mas também ampliou a sua presença com 3G – passando de 308 localidades, em março, para 346, em julho – o que significa um incremento de 38 cidades. No total, o 3G, de acordo ainda com os dados do Teleco, está presente em 2997 municípios brasileiros.

Um dado curioso, os estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo são os únicos com 100% de cobertura 3G – com 170 municípios cobertos. Em São Paulo, por exemplo, o 3G está presente em 471 localidades, o que corresponde atender a 73% das localidades. Em compensação, há muito por fazer na região Nordeste que tem apenas 324 localidades cobertas, ou 29,9% dos municípios.

Fonte: portal Teleco (www.teleco.com.br)


About this entry