MITOS OU VERDADES – O celular e a tempestade

Este é o primeiro post de uma série que tem apenas um objetivo: esclarecer o quanto há de FATO e o quanto há de MITO em muitas coisas que ouvimos sobre telefonia celular por esse mundão afora.  Hoje vamos esclarecer a relação que (não) existe entre raios e celular.
Para inaugurar a série, nos inspiramos no Paulo Augusto Boccati, que postou a seguinte pergunta no ClaroBlog:

“Olá. Gostaria de saber se há algum risco em falar no celular em uma tempestade? O aparelho pode atrair raios?”

Fomos investigar e descobrimos, Paulo, que na realidade isso é MITO. “Celular não atrai raio. O único risco envolvido em falar ao celular numa tempestade é realmente causar algum dano ao aparelho por causa da infiltração da água”, explica Renato Arradi, gerente de produtos da Motorola.

Eduardo Javier, da área de Planejamento de Rede de Acesso da Claro complementa que “o campo eletromagnético gerado pelo aparelho não é capaz de atrair raios. O raio cai sempre no ponto mais alto, pois é o caminho mais próximo até a terra”.

Em resumo, numa tempestade é melhor não ficar em locais descampados. “Uma pessoa andando em um campo aberto é capaz de atrair um raio, estando ou não ao celular”, esclarece Javier.

E ai vc tambem tem algum caso estranho que queira contar ?

Deixe seu depoimente e veremos, quais dúvidas poderemos desvendar.

Volnei Neto


About this entry